A verdade que ninguém nunca contou sobre as razões do baixo crescimento de uma empresa.

Sua empresa não está crescendo? Entenda porque.

Todos sabemos que para uma empresa ser saudável e gerar cada vez mais lucro, ela precisar crescer constantemente.

O mercado é muito dinâmico e pode ser que as coisas mudem repentinamente, e alguns motivos não permitem esse crescimento.

O empresário deve estar atento para tomar as medidas para reverter isso.

 

O que causa o baixo crescimento de uma empresa?

Dentre os diversos motivos, existem dois principais, que podem causar o baixo crescimento de uma empresa, ou mesmo a falta de crescimento. São eles:

Fatores externos à empresa e

Fatores internos da empresa.

 

Temos duas notícias, uma ruim e uma boa.

A notícia ruim é que, sobre os fatores externos não temos controle e o máximo que podemos fazer é reagir quando ocorrerem ou ainda acompanhar os cenários do mercado para não sermos pegos de surpresa.

Já a boa notícia é que os fatores internos, esses sim, podem ser controlados pelo empresário e é neles que o foco deve ser constante.

Os dois dos principais fatores internos que impedem o crescimento da empresa são:

  • O medo do empresário de arriscar;
  • A falta de prospecção de novos clientes.

Vamos começar com os fatores externos que impactam negativamente no crescimento da empresa e que não temos controle sobre eles.

Mais à frente trataremos dos fatores internos.

 

Fatores Externos

Os fatores externos são aqueles que não temos como atuar para mudar a situação e muitas pessoas debruçam sobre eles e ficam reclamando esperando que as coisas voltem a ser como eram antes, mas isso pode demorar ou não acontecer.

Daí já viu, pode ser muito tarde e a empresa acaba por se endividar e até falir.

Saiba reconhecer quais os fatores externos sobre os quais não se consegue atuar diretamente e não ficar perdendo tempo reclamando.

 

Fator externo número 01

Economia estagnada associada à falta de emprego, podem ser as causas do baixo crescimento das vendas, pois quando a economia não cresce as empresas também não. É uma questão de causa e efeito, bem simples e não temos controle sobre isso. Quem consegue atuar sobre a economia é o governo.

O que o empresário pode fazer é, não ficar olhando a porcentagem que caiu, mas mirar na porcentagem que restou e atuar sobre ela. Por exemplo: houve uma queda de 20% em uma determinada atividade do mercado e ao invés de ficar olhando para o que se perdeu, foque nos 80% que estão ativos e aumente a sua participação ali.

 

Fator externo número 02

Outro fator externo que pode causar a falta crescimento das empresas pode ser monetário. Existem produtos e serviços que, muitas vezes, dependem de financiamento de bancos. É o caso de carros e imóveis.

Quando as regras das instituições mudam, as oportunidades podem reduzir drasticamente. Isso, com certeza, vai reduzir as vendas e congelar o crescimento.

Por isso as montadoras possuem bancos próprios que financiam a operação e muitas incorporadoras fazem financiamento próprio para ajudar no crescimento de seus negócios.

O crescimento pode até ser limitado à sua capacidade de financiar, mas não deixa de ser uma atitude proativa.

Entretanto quando o segmento que a empresa está ou o porte que ela tem não permite essa autonomia, com certeza o seu crescimento será afetado.

 

Fator externo número 03

A escassez de mão de obra é outro fator externo que pode causar a falta de crescimento.

Muitas empresas precisam de mão de obra especializada para poder aumentar a produção. Mas quando não se encontram esses profissionais, não há como crescer.

Tivemos esse fato entre 2002 a 2014 quando a economia estava bem aquecida e o desemprego era baixo. Nessa época, os bons profissionais estavam ocupados e os que restavam não eram qualificados. Também nessa época, houve problemas de crescimento em alguns setores da economia, justamente, por falta de mão de obra.

Para esse caso, as empresas que criam um ambiente favorável para os empregados podem não sofrer, pois em empresas boas para se trabalhar nunca faltam candidatos.

 

Fator externo número 04

Falta ou escassez de matéria prima. Existem certas atividades que produzem os seus produtos com certas matérias primas que não são fáceis de serem encontradas ou que podem faltar no mercado por diversas causas. Sem um fluxo crescente de oferta dessas matérias primas a empresa não consegue crescer.

[EBOOK] GRÁTIS

Como prospectar clientes de forma eficaz

Fatores Internos

A proatividade é um fundamento essencial para um empresário ter sucesso em suas vendas e no crescimento de sua empresa.

Ser proativo é sentir se responsável em tomar as atitudes que devem ser feitas para que as coisas aconteçam.

Proatividade não é iniciativa, proatividade é saber que as consequências de tudo que ocorre em sua vida é fruto de suas escolhas, sendo que uma delas é escolher não ficar à mercê de fatores externos e a partir disso partir para a ação.

Vamos falar agora sobre os fatores internos que podem ser controlados pelo empresário. E é aqui que devemos focar as nossas forças para poder evitar o baixo ou a falta do crescimento.

Fator Interno 01

Medo de arriscar e crescer

Muitos empresários não gostam de correr riscos, têm medo e por isso deixam oportunidades escaparem de suas mãos. Contentam-se com os fatores externos que ajudam, momentaneamente, o crescimento da empresa como, por exemplo, algum incentivo do governo como injeção de dinheiro, subsídios, etc. Modismos também são fatores externos positivos, mas passageiros.

Nunca se sinta confortável o todo tempo. Pense sempre em não ficar dependente destes fatores externos.

Pense em cenários que podem ser negativos e nessa hora você vai depender só de você. Planeje-se, previna-se, tenha estratégias para mais de um cenário.

Lembrando que os fatores externos não podem ser controlados.

Planejar e calcular os riscos e ter estratégias específicas é muito importante para obter o crescimento da empresa.

Por isso não tenha medo, alie-se, faça parcerias, consulte pessoas e profissionais que possam te ajudar a viabilizar novas possibilidades de incrementar o seu negócio.

Empresário leia atentamente o que vem a seguir, pois é aqui que as coisas para sua empresa podem melhorar.

Fator Interno 02

Falta de prospecção de novos clientes

Um dos maiores fatores de crescimento para uma empresa está na venda. O crescimento das vendas pode trazer o crescimento desejado, salvo quando empresários que não sabem precificar os seus produtos e serviços, vendem abaixo da margem correta. Infelizmente esses casos ocorrem corriqueiramente e levam as empresas à falência.

Vender mais aliado à uma política correta de margens pode fazer a sua empresa crescer com efetividade.

DICA DO ESPECIALISTA

Para aumentar as vendas é necessário o planejamento de metas e ação persistente na busca do alcance delas e controle de resultados.

Sabemos que a prospecção é uma fonte inesgotável de novos clientes, quando temos uma ação sobre a busca por clientes e não ficamos, passivamente, esperando que elas “caiam do céu”. É perfeitamente possível ter previsibilidade e aumento nas vendas.

Prospectar é como plantar. Se você precisa ter colheitas semanais, então também é necessário plantar semanalmente. Se o plantio falhar numa semana, com certeza você não terá colheita.

Quanto mais se planta mais se colhe e com planejamento e disciplina, as vendas vão crescendo, mesmo que, de alguma forma, algum fator externo venha a inibir

Se você não faz prospecção sistematicamente não existe garantia nenhuma de crescimento, pois você estará à mercê dos fatores externos, que não temos como controlar e poderá ser surpreendidos e não saber o que fazer.

[EBOOK] GRÁTIS

Como prospectar clientes de forma eficaz

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Últimos posts